Estética do Sorriso: Clareamento

22 jul

Boa noite, meninas! =)

Nossos cuidados diários também incluem cuidar do nosso sorriso, e quem não gosta de dentes branquinhos? Se seus dentes já foram mais claros ou nunca foram, como para quase tudo nessa vida, há solução: o clareamento dental.

Primeiro, devemos nos perguntar, por que os dentes mudam de tom?

Basicamente, existem fatores externos e intrínsecos que podem alterar a cor dos nossos dentes, como alimentação, através do excesso de corantes, café e Coca-Cola, vinho tinto, chá mate, e cigarro. Essas manchas são passíveis de remoção simplesmente pela limpeza dental que seu dentista realiza no consultório, porque essas manchinhas ficam apenas na superfície do dente.

Mas existem substâncias e pigmentos que tornam-se mais profundos, fatores genéticos ou adquiridos ao longo da vida, que ficam ‘impregnados’ na intimidade da estrutura dental, que precisam de tratamento mais específico, o clareamento dental.

Existe o clareamento de consultório e o caseiro. Basicamente, o que difere no tratamento é o tipo de pigmento e a extensão das manchas em seu dente, o quanto você quer clarear e o fator ‘meu bolso’.

O clareamento de consultório é realizado com laser ou luz halógena, que ativa e acelera, o que te dá a vantagem de um clareamento mais rápido e em menos sessões. Alguns são feitos em apenas uma sessão. O gel clareador utilizado em consultório tem uma concetração maior do peróxido de hidrogênio, o agente mágico do sorriso branquinho. Sim, é água oxigenada. Claro que tudo adequado para o tratamento dental. Outro agente clareador que você pode ouvir falar é o peróxido de carbamida, também presente em algumas fórmulas.

Já o clareamento caseiro, você vai precisar daquela moldeirinha de silicone, que dependendo do fabricante ou do tipo de clareador, vai te acompanhar por duas horas, ou a noite inteira, em que você mesma irá preencher com o gel clareador, seguindo as instruções do seu dentista. Geralmente o tratamento dura uma semana, isso varia também de acordo com o fabricante ou dependendo do tom que você quer atingir.

Essa é uma seringa para clareamento caseiro.

Os géis clareadores possuem várias concentrações. Só o cirurgião-dentista está apto a avaliar qual a concentração do produto para seu tratamento, de acordo com a cor dos seus dentes, sua sensibilidade e sua necessidade.

É comum apresentar sensibilidade durante ou após o tratamento, que deve desaparecer logo e deve ser branda. Se você já apresenta sensibilidade normalmente, o clareamento dental não é recomendável.

Outra dica que é um pouco óbvia mas que vale ressaltar é que, se você é fumante, deve parar de fumar caso contrário o tratamento não funciona. Tá aí um ótimo estimulante pra largar o cigarro, que não tem nada de bom, deixa seus dentes feios e ainda causa males incontáveis para sua saúde.

Os americanos adoram o branco ‘Hollywood’, aquele sorriso que até cega de tão branco. Eles inventam vários aparatos para clarear os dentes em casa, como as fitas da Crest, as Whitening Strips. Há até mini aparelhos de luz que aceleram o clareamento feito em casa, mas todos essas invenções que parecem magníficas de ‘faça você mesmo’ não possuem o mesmo efeito dos clareadores profissionais, já que qualquer um pode comprar nas farmácias. O gel clareador pode queimar sua gengiva e qualquer tecido mole que entrar em contato com ele, por isso é feito sob orientação profissional. Para ser aprovado livremente ao consumidor, as fitas possuem baixo potencial agressivo, e servem mais para manter e prolongar o efeito obtido do clareamento prévio.

Há alguns casos específicos congênitos ou por uso de antibióticos que não são clareados facilmente. Portanto, consulte seu dentista, e veja qual é o melhor tratamento pra você. Não se esqueça que é um tratamento e portanto deve ser orientado por um profissional.

Pra finalizar, vou deixar um vídeo da Michelle Phan indo ao consultório fazer um clareamento, para vocês terem uma idéia de como é feito. Esse equipamento é chamado Zoom2, da Discus, e clareia até 8 tons em uma única sessão. Ele ativa o gel através de luz halógena. A Discus é uma das marcas cujo gel clareador possui dessensibilizante em sua fórmula, ajudando a diminuir os efeito desagradáveis pós clareamento.

Esse sistema está disponível no Brasil também.

Se tiverem dúvidas, é só me escrever!

3 Respostas to “Estética do Sorriso: Clareamento”

  1. Keyla novembro 4, 2010 às 1:46 PM #

    Oii…
    Adorei o blog! Estava procurando sobre clareamento, mas vi que tem muitas outras coisas interessantes… gostei bastante!
    Bjus

  2. Keyla novembro 4, 2010 às 1:47 PM #

    Ah sim… gostei muito da matéria sobre clareamento, parabéns! Muito bem escrito!! Só queria saber se é verdade que não podemos comer nada depois do clareamento…
    obrigada

    • Amanda N novembro 4, 2010 às 10:16 PM #

      Oi Keyla!

      Obrigada pela visita! =)

      Sobre o clareamento, indica-se não comer alimentos pigmentados, com corantes, como molho de tomate, coca-cola, café, assim como não fumar, pois tudo isso é prejudicial ao clareamento recente. Do contrário, pode manchar seus dentes.
      Espero ter ajudado!

      Beijo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: