Arquivo | Swatches RSS feed for this section

Swatches NYX Single Eyeshadows – Pt IV

3 fev

Parece “Duro de Matar”, né? Eis que temos mais uma saga de swatches das sombras unitárias da NYX. ❤

Com aquele bafafá de limitar compras na Cherry Culture, escolhi algumas cores pra ter no caso de realmente limitarem (veja em post mais abaixo que por enquanto não mudou nada pra nós, brasileiros). Fazia tempo que eu procurava alguns tons de bronze/dourado, mas comprar pelo site vai sempre na emoção do chute né, então é um pouco de sorte.

E eu tive sim, sorte! As cores são bem bonitas e usáveis para o dia-a-dia. Escolhi três: Oro, Cork e Hawaiian Coffee.

Da esq. p/ dir.: Oro, Cork e Hawaiian Coffee

Oro e Cork têm acabamento metalizado, já a Hawaiian Coffee é matte. Eu já havia comprado outras duas sombras marrom de efeito matte, mas queria uma mais clara, que é o caso dessa sombra.

Swatches das três:

Da esq. p/ dir.: Oro, Cork e Hawaiian Coffee

Os swatches das sombras foram feitos SEM primer.

Oro

Oro, como diz o nome, é um tom dourado, com um fundo de marrom. Não é aquele dourado amarelo festivo, ele tem um tom mais sóbrio e como não tem glitter, sendo apenas metálico, é bem usável no dia-a-dia. É bem mais escuro do que eu imaginava, geralmente passo a sombra diretamente na pálpebra, sem fazer uma base, pra não ficar tão escuro. A sombra não pega tão fácil, na foto acima tem várias pinceladas. É um tom muito bonito, realmente gostei muito!

Cork

Cork sim, é um douradinho mais alegre, mais puxado pro bronze. A cor também pega mais fácil, com apenas uma pincelada já carrega bastante sombra. Das três, é a mais macia. Como falei, o acabamento também é metálico, mas já fica num tom mais chamativo, mas também acho bem usável. A MAC também tem uma sombra chamada Cork, mas a semelhança fica apenas no nome, como você pode ver aqui no Temptalia.

Hawaiian Coffee

De acabamento matte, Hawaiian Coffee é uma das sombras preferidas da NYX da blogsfera. É um marrom acastanhado bem leve, ótimo para marcar de leve o côncavo, ou mesmo se você quiser usar um marrom na pálpebra inteira sem ficar muito carregado. A cor não pega fácil, o swatch ao lado foi feito com várias pinceladas. Eu diria que é aquela sombra básica que todo mundo precisa ter! Eu tenho usado todos os dias, só ela! Já virou minha preferida também.

Onde comprar: Cherry Culture, Nonpareil Boutique, Beauty Joint, quiosques da NYX pelos shoppings do Brasil. Eu paguei cerca de US$ 3.00 + frete na CC.

Aqui tem outros reviews e swatches de sombras unitárias da NYX:

Parte I, parte II e parte III

 

Avaliando globalmente, diria que em geral são B-. O único ponto fraco das sombras é a duração, mesmo com primer, antes de 8 horas, as três sombras não duraram, até mesmo quando o olho tá mais carregado. Mas valem a pena pelo preço, qualidade, acessibilidade. É mais um produto bom, bonito e barato, recomendado!

 

E vocês, têm a sombra da NYX preferida de vocês? Comentem! 🙂

Anúncios

L.A. Colors – Jumbo Pencil

10 jan

Hoje vim falar de um produtinho novo que vi lá na Cherry Culture e adquiri na minha última compra. A L.A. Colors lançou seu Jumbo Pencil, bem parecido com aquele que a gente já conhece da NYX.

Bom, como falei recentemente de produtos Cruelty Free, vale lembrar que a L.A. Colors é mais uma marca que não testa seus produtos em animais.

Segundo a marca, ele vem junto com esse apontador como da foto, mas pedindo via CC não acompanha, mas ele aponta facilmente com qualquer apontador. Pra quem já conhece o lápis Jumbo da NYX, eles são cremosos, enquanto os da L.A. Colors possuem em sua maioria cores metálicas. As que eu comprei são de acabamento metálico, mas pela foto das cores no site, dá pra imaginar que algumas cores são cremosas, como o branco (Sea Shells) e a cor preta (Sunglasses). Pra ver todas as cores disponíveis, clique aqui.

Eu adquiri as seguintes cores: Sun Kissed, Bronze Shimmer e Desert Sun.

Jumbo Pencil LA Colors

 

Cruelty Free 🙂

O bacana desse lápis Jumbo, é que o produto desliza que é uma beleza! As cores são bem vibrantes e pigmentadas. Como a ponta é bem fina, você pode usar como delineador ou como sombra. Como sombra, ela espalha muito bem. Ele tem consistência de um lápis “liquify”, que tem toque líquido.

Um swatch das cores:

Esq. p/ dir.: Sun Kissed, Bronze Shimmer e Desert Sun

Sun Kissed é um dourado acobreado bem bonito. Ele é bem brilhante também, num tom bem vibrante. Não sei se dá pra notar que ele é “molhado” no primeiro toque, quando acaba de passar. Desliza tão fácil que se for usar como delineador, tem que tomar cuidado, principalmente em dias quentes. O meu pacote chegou num dia bem quente, e deu pra notar que um deles estava bem oleoso, então é bom evitar calor excessivo.

Bronze Shimmer, como diz o nome, é um bronze metálico, e também é um tom bem vivo! Dos três, foi o que eu mais gostei. Quando esfumado, ele não fica tão pigmentado, e achei que dá um brilho singelo pro dia-a-dia. Bem usável!

Desert Sun também é dourado, mas mais amarelado. Eu já achei um pouquinho mais difícil de usar, ele é mais festivo porque é mais chamativo dos que os demais, mais pelo próprio tom do que pela pigmentação. Em relação a isso, não notei diferença entre os três, são bem pigmentados.

Em relação a duração, é média sem primer, de uma sombra regular. Não usei como delineador, então não sei dizer se dura tão bem, mas imagino que seja quase a mesma coisa. Durou bem por umas oito horas, sumindo ao final do dia.

O que chamou a atenção foi o preço: US$ 1,99 na Cherry Culture. Achei interessante pra testar e experimentar. Achei ótimo pela qualidade, pela variedade de cores e por ser um produto cruelty free.

Então fica a dica de mais um produto bom, bonito e barato!

Eu comprei na Cherry Culture, mas também vende na Nonpareil Boutique, eBay, sites em que você precisa de cartão internacional, mas basta procurar nos blogs aí afora que você encontra meninas que vendem aqui no Brasil!

 

O review

  • Embalagem: 4/5 a embalagem é bem bacana, prática e simpática.
  • Aplicação: 3/5 como sombra é bem fácil, como delineador requer cuidados.
  • Valor: 5/5 mesmo tendo que pagar frete, sai bem barato comprar lá fora.
  • Pigmentação: 4/5 pigmentado, de duração média.
  • Qualidade: 7/10

Nota Geral: B

Batom Eudora Soul

22 nov

Lembram do post sobre a Eudora que fiz? Então, fiquei curiosa pelos produtos da marca e comprei um batom da linha Descolada, o mais em conta da marca. A variedade de cores é boa, tem desde ao nude ao azul.

Optei por uma cor básica, pra variar, de tom de boca. O escolhido foi o Rosa Retrô, que eu achei um rosinha bem suave pro dia-a-dia, mas com um diferencial dos demais que tenho aqui em casa. Ele tem uma leve cintilância, mas nada de muito brilho, é bem discreto. Eu geralmente não gosto de batns cintilantes com glitter etc, mas o tom do batom também ajudou a manter a discrição.

Eu comprei em Julho e se não me engano, eu paguei R$ 10,50. O preço é bom, ainda mais com as marcas que estamos acostumadas a encontrar no shopping.

Batom Eudora Soul Descolada - Rosa Retrô

Dá pra ver na bala a cintilância, né? A embalagem também é bem simples, já que é da linha mais em conta da marca – estilo Color Trends da Avon.

Swatches Rosa Retrô Eudora

Nessa foto, com flash, dá pra ver a cintilância, mas como é uma imagem com zoom, ele não brilha tanto assim. Na bala parece ser mais escuro, mas viram como é bem tom de boca?

Aqui, sem flash, com luz natural pra dar um contraste.

Em relação à textura, ele não é seco nem úmido demais. Eu prefiro sempre passar um lip balm antes, porque a impressão que eu tenho é que ele vai grudar e repuxar, mas ele desliza bem mesmo sem o balm. É mais pra evitar aquele aspecto de rachadura e pra não acumular nas linhas.

Ele espalha uniformemente também, mas como não testei outras cores, não sei se todos são assim.

O ponto fraco é a durabilidade. Como o tom de rosa é bem sutil, costumo passar duas vezes. Você sente o batom nos lábios, porém não tem aroma ruim. Mas ele sai muito fácil, pra minha tristeza. Ele costuma durar umas 3 horas, depois desaparece. Nhé.

No geral, vale pelo preço e pela gama de cores. Dá pra incluir na lista de produtos BBB. Alguém mais já usou algum batom Eudora?

O review:

  • Embalagem: 3/5 simples, de acordo com o preço, mas nem por isso parece frágil.
  • Aplicação: 3/5 como disse acima, é bom passar um lip balm antes.
  • Valor: 4/5 preço muito bom, de acordo com o produto.
  • Pigmentação: 2/5 com essa cor não dei tanta sorte com a durabilidade e pigmentação.
  • Qualidade: 7/10

Nota Geral: B-

Resenha: caneta delineadora Océane Femme

10 ago

Lembra que contei das novidades da Océane Femme? Pois então, recebi a nova caneta delineadora e testei rapidinho, porque eu estava doida por um delineador assim, foi a primeira coisa que testei! Disseram que ajudava na hora da (des)coordenação.

Caneta delineadora Océane Femme

Detalhe da ponta

Realmente, encontrei mais facilidade em delinear! Pra quem nunca conseguiu usar delineador líquido, conseguir fazer um traço bem fininho foi uma proeza.

A caneta é fácil de usar, e dependendo da inclinação, você consegue fazer um traço mais espesso:

Inclinando, o traço sai mais grossinho (esq), senão é fininho (dir)

Eu prefiro fazer um traço fino, e depois deixar mais espesso aos pouquinhos, afinal ainda sou iniciante nisso. Apesar do delineador em gel ser mais fácil, acabo não usando no dia-a-dia, porque requer certa prática e geralmente eu tô com o tempo contado.

Olha só como eu com consegui fazer um delineado discretinho e bem fininho:

O bom é que seca rapidinho, assim não borra fácil, mas se for preciso você consegue retocar rapidamente se for preciso. Ele não é a prova d’água, mas é bem resistente. Maquiagem nos olhos pra mim não dura muito porque vivo com as mãos nos olhos, mas durou bem por pelo menos 8 horas  – só saiu no canto interno dos olhos porque passei beeem fininho.

A ponta é macia e desliza fácil. Procuro usar e já tampar rapidamente pra evitar que ressecamento.

Com certeza é um produto que sempre terei às mãos! Praticidade e facilidade é comigo mesmo!

O preço sugerido é de R$ 21,90, e você encontra em lojas de cosméticos e perfumarias.

O review:

  • Embalagem: 5/5 tradicional e com informações necessárias do produtos.
  • Aplicação: 4/5 delinear não é das tarefas mais fáceis pra iniciantes, mas este formato com certeza ajuda. Desliza fácil e de ponta macia.
  • Valor: 3/5 preço médio dos produtos nacionais, acredito.
  • Pigmentação: 4/5 é bem pretinho mesmo, sem falhas e úmido. Pelo menos no início;
  • Qualidade: 8/10

Nota Geral: B

NYX The Runway Collection: Champagne & Caviar Review

31 jul

A NYX tem uma série de palettes de 10 cores, a The Runway Collection. Como tenho muita sombra unitária e uma palette de 80 cores, vi que não tinha nada prático pra carregar na bolsa.

Aí me pareceu uma boa solução uma dessas palettes – o difícil foi escolher uma só, porque todas as combinações são um xuxuzinho de lindo. Mas como a intenção era carregar na bolsa (porque eu andava com uma das minhas unitárias e ela acabou quebrando, mimimi) escolhi uma de cores neutras, prática para o dia-a-dia, assim não tem erro.

A escolhida foi a Champagne & Caviar (ESP10C03). Provavelmente são cores que já existem na versão unitária, mas elas não vêm com nome individual.

Não sei porque, mas as sombras na palette são mais macias que na versão single. Talvez tenha um tratamento especial, não sei, mas a textura é mais aveludada, porém a pigmentação é similar, média sem primer. E como são cores bem básicas mesmo, são pouco pigmentadas, tanto é que algumas cores tive que fazer uma forcinha pra aparecer nos swatches, viu? Os swatches são sem primer.

Eis a 10 Color Eyeshadow Palette – The Runway Collection:

De pertinho

A palette Champagne & Caviar, como vocês podem ver, tem cores neutras, tons de marrom, taupe, bege, champagne, rosa, branco para iluminar, e até um pretinho básico. Algumas cores são metálicas e cintilantes, enquanto as outras são de efeito matte. Dá pra fazer um look dia e noite sem problemas.

NYX Runway Collection Palette Champagne & Caviar

 

NYX Runway Collection Palette Champagne & Caviar

Vamos ao que interessa? Swatches:

As cinco de cima

Desculpem a qualidade da foto, cliquem pra ver maior, está desfocado, eu sei!

Essas são as cinco de cima. A primeira da esquerda para direita, um tom bronze /dourado metálico bem clarinha, muito bonita até para iluminar. A segunda sombra é um marrom taupe de efeito matte, ótima para usar como base na pálpebra. A terceira, é um camurça claro de efeito matte que também pode ser usada como base.

A quarta é bem parecida com a sombra unitária, um pouco mais clara que a single eyeshadow da NYX mesmo de nome Champagne que resenhei aqui, também de efeito metálico, mas a pigmentação é ligeiramente melhor. A quinta é um marrom claro de efeito metálico.

 

 

Swatches das sombras de cima

As cinco sombras debaixo - swatches

As sombras debaixo contam com uma sombra branca matte, que é boa para o canto interno dos olhos. Acho que para usar debaixo da sobrancelha para iluminar fica meio fake, branco demais. Mas como é bem clarinha, tanto que mal saiu no swatch, até rola. A sombra ao lado, é um tom mais escuro que o champagne e mais puxado para o marrom, de cobertura metálica. Gosto bastante dessa sombra porque não é muito escura e aparece o suficiente na maquiagem, para o dia-a-dia.

A sombra marrom escura ao lado lembra bastante a Root Beer da versão single, se não for a própria. Também uso bastante para marcar o côncavo e esfumo no ‘V’ do olho. A sombra rosa é cintilante/metálica, dá pra usar como iluminador porque ela não é tão pigmentada. A sombra preta é matte, e é a mesma da versão single.

As sombras têm pigmentação média. Ao final do dia, elas já praticamente não estão mais lá, só as mais pigmentadas como o marrom e o preto matte. E costumo usar sempre com primer.

É uma boa opção pra carregar em viagens também, bem prática e tem esse espelhão. Ainda vem com um pincel do tipo esponjinha, mas que a gente acaba desprezando.

Comprei no Cerejão por cerca de US8,00 com promoção. Parece que agora está a US$ 8,50, também em promoção. Lá você encontra as outras palettes. Na época eu fiquei bem em dúvida entre a Champagne & Caviar, Catwalk e Romance. Bohemian Rhapsody também parece linda. Melhor do que se basear nessas fotos pobres, é buscar swatches na blogsfera.

Gostaram?!

 

O review:

  • Embalagem: 4/5 o espelhão é ótimo, tamanho da palette também ajuda. Seria melhor se investissem em um pincel melhor pra ficar ainda mais prático.
  • Aplicação: 4/5 sombras macias e deslizam com facilidade.
  • Valor: 5/5 NYX é sinônimo de ótimo custo-benefício em comparação com outras marcas.
  • Pigmentação: 3/5 poderia ser um pouquinho melhor. As sombras mais clarinhas não duram tanto mesmo com primer.
  • Qualidade: 8/10

Nota Geral: B

 

Resenha BB Cream Hot Pink Super + Skin79

18 jun

Ouvi muitos burburinhos acerca dos BB creams, que resolvi ir atrás. Primeiro, minha ignorância me fez acreditar que era uma marca, e aí quando fui ler a respeito, vi que havia um mundo de BB creams.

Então, o que é o BB Cream?

O Blemish Balm cream (ou Beblesh Balm, Blemish Base) inicialmente era um creme  hidratante produzido pelos alemães para auxiliar no pós operatório de cirurgias a laser em pacientes com doenças da pele, contribuindo para a regeneração. Ele alivia a pele e tira o vermelhidão e ressecamento em casos de peeling, por exemplo.

Logo ficou popular na Ásia, com uma infinidade de marcas e tipos, mas geralmente são utilizados como uma espécie de primer ou mesmo base. Como alguns possuem alto FPS, também substituem esse tipo de creme. Assim, é uma forma de economizar com tantos produtos: há bb creams que possuem função clareadora, protetor solar, minimizador de poros, base, hidratante… praticamente um bombril. E aí notaram que muitas celebridades de olhinhos puxados sempre apareciam com a pele impecável, e claro, quiseram saber a fonte do segredo: genética, alimentação, clima? Pode ser. Mas o truque na manga era o tal do BB cream.

As marcas mais populares na Ásia são Missha, The Face Shop, Lioele, Skin79, Skin Food, entre outros. Marcas mais famosas mundialmente entraram no embalo dos BB creams: Lancôme, Maybelline, Clinique, são algumas das marcas que comercializam suas próprias versões do creme, por enquanto, somente na Ásia. E então, como escolher?

Eu optei por uma das poucas marcas que encontrei informações em inglês, a maioria somente em coreano mesmo. A Skin79 possui até um site em inglês, e se denomina a marca #1 em BB creams do mercado. Como eles têm várias opções de cremes, fui na mais comum e genérica, a Hot Pink Super+, que promete função 10 em 1: clareamento, melhora das rugas e linhas de expressão, controle da oleosidade, hidratação, proteção UV, proteção e nutrição para a pele. Não sei onde estão as outras duas, isso é o que diz no site. #contagemfail

Uma amiga foi à Coréia esses dias e trouxe o produto (obrigada, Dai!), que não é exatamente fácil de achar por aqui, já que a maioria são marcas coreanas. Eu ia encomendar o produto no eBay, onde é possível encontrar vários vendedores que enviam para o Brasil.

A embalagem é super bonitinha, né? São 40g nesse sistema de válvula, que é super fácil de controlar a quantidade do produto.

E o que existe nessa fórmula milagrosa? São vários ingredientes que resultam neste produto incrível:

O creme é um bege acinzentado, que olhando à primeira vista, parece que não vai combinar nada com o tom de pele. Ele foi desenvolvido para a pele oriental, e mesmo eu sendo representante tabajara (não como sashimi u.u), pode parecer meio suspeito, mas ele não alterou em nada meu tom de pele. Li que para pele negra não funcionou muito bem, mas a Marina do Coisas de Diva, que parece ser bem branquinha, disse que o produto também combinou com o tom de pele dela. Então é meio que na sorte.

O efeito é incrível: deu uma aparência super natural na pele, sem brilho, e sem deixar totalmente matte. Sequinho, mas realmente bem natural. Essa semana eu estava com a pele bem vermelha embaixo dos olhos por causa do frio, e ele tirou esse vermelhidão, uniformizando a pele, como se fosse uma base. Aliás, essa semana que passou, eu não usei nada além dele: nada de Studio Fix, nada de base, nadica de nada. Minha mãe achou que eu tinha passado pó, de tão sequinha que a minha pele estava. E o melhor: ficou assim o DIA TODO! Desde às 6:30 da matina até às 23:00. Tudo bem que não está fazendo calor, mas sempre no final do dia a pele fica mais oleosa. Vamos ver como será no verão.

E pra não haver dúvidas que ele altera o tom da pele, depois de lavar o rosto, passei o tônico e ele saiu limpo! Sem nenhuma corzinha, como sai quando passo base ou mesmo o Studio Fix, só a poluição do dia todo.

A pele fica sedosa, lisinha, como após o uso de um primer. A consistência do creme é bem grossa, mas um pouquinho é suficiente para o rosto, basta espalhar bem. E como a textura é grossa, preferi passar com os dedos mesmo, e precisa espalhar bem pra não acumular excessos.

Minha pele é mista para seca, mais oleosa na zona T e se adaptou muito bem ao creme. Não dá vontade de usar mais nada! Ele tem um leve cheiro de base + protetor solar, mas é só na hora da aplicação.

A única coisa que me preocupou, é que não achei nenhuma informação se o produto é não-comedogênico. Ele não é dos mais leves no rosto, a sensação que tive ao usar o produto é um pouco semelhante ao de um protetor solar.

A idéia do produto também é que diminua as chances de rugas com o uso contínuo do produto, e já que é melhor prevenir do que remediar, vou acreditar que é um bom investimento neste quesito. Quanto aos outros, já sou fã do produto.

Também ganhei um kit da Skin79 com 4 miniaturas dos BB creams da marca:

Vou testar cada uma das versões e conto pra vocês.

Um dos produtos mais legais que experimentei nos últimos tempos!

Onde comprar: não chore achando que vai ter que viajar para o outro lado do mundo, não. O eBay encurta seu caminho até o BB cream. Dê uma boa fuçada por lá, porque existe uma infinidade de BB creams. Avalie também o vendedor, porque já li a respeito de BB creams da Skin79 falsificados por aí. Escolham vendedores que tenham boa pontuação! Ainda não procurei, mas talvez existam lojas na Liberdade que vendam, vale a pena dar uma procurada.

O review:

  • Embalagem: 5/5 bem funcional, fácil de controlar a quantidade, o sistema de bomba à vácuo não vai sobrar nada pra contar história.
  • Aplicação: 4/5 consistência não é das mais fáceis de passar.
  • Valor: 4/5 achei o valor razoável pelas suas múltiplas funções, se for comparar a um preço de base, por exemplo
  • Qualidade: 9/10

Nota Geral: A

MAC Lipstick: Brave

27 maio

Um dos produtos mais famosos da MAC, com certeza é a linha imensa de batons. Tem de tudo: cintilante, perolado, matte, de longa duração, e a gama de cores é imensa. E vira febre, como o tão falado Snob de estações passadas.

Eu sou fã de batons sutis e naturais pro dia-a-dia; fugir do comum pra mim é usar um rosinha mais alegrinho ou um nude, então apostei em uma cor bem natural, pro meu primeiro batom da MAC. Escolhi a cor Brave olhando swatches por aí, aproveitei viagem do irmão e encomendei. Não deu tempo de ir conferir numa loja física como é a cor, fui na sorte e… dei sorte! =D

MAC Brave Lipstick

É bem cor de boca mesmo, levemente rosado. A cor é linda, a textura é diferente de todos os batons que tenho, desliza fácil. Brave é da linha ‘satin’, não é matte e também não é cintilante. Ele é um pouco seco, então passo um lip balm antes. Pode ser também que eu estava mal acostumada com os batons da NYX que são super ‘molhados’ na hora de passar.

Mesmo tendo outros batons pra variar, eu gostei tanto da cor que quero usar todo dia, e é o que acontece desde que chegou em casa. Tô vendo que vai acabar rápido desse jeito… Ele tem 3g (vs 4g dos Round Lipstick da NYX), mas pela textura, parece que vai durar mais. O meu Mars da NYX, que eu usava todo santo dia, deu uma boa diminuída, enquanto o Brave parece estar novinho ainda.

Ah, e o cheirinho! Ele tem um aroma de baunilha bem agradável, acho que é um dos batons mais cheirosos que já tive!

Vamos aos swatches?

E bom, eis uma revolução agora, minha gente! Como swatch feito no braço dá muito diferença da cor real nos lábios, preparei pra vocês um swatch da cor… nos lábios! Eu odeio foto assim, mas o que a gente não faz por vocês, né? =D

Foi feito com iluminação natural, sem flash.

Desculpem a tosquice, um dia chego no nível do Temptalia!

Dá pra ver que é um rosinha bem cor de boca, né? Mas pra mim já faz uma baita diferença, porque meus lábios são bem ressecados.

Estou adorando meu Brave da MAC!

Onde comprar: nas lojas da MAC nos shoppings, é só entrar no site em português que você encontra os endereços. Ou em terras gringas! Um site que vende batom da MAC é o Morangão, mas as cores são limitadas.

Mais uma dica! Li por aí que o Brave tem um primo pobre da NYX, que é a cor Thalia. Eu já estou de olho no Thalia há algum tempo, mas ele tá sempre em falta na Cherry Culture =/, assim que tiver ele aqui comigo, comparo pra vocês.

O review:

  • Embalagem: 4/5 – as embalagens da MAC geralmente são funcionais, não é aquele batom que vai abrir sozinho na bolsa, e a embalagem é bonitinha.
  • Aplicação: 3/5 – como falei no review, textura um pouco seca dificulta, passe um lip balm antes.
  • Valor: 3/5 – isso é meio relativo, já que paguei US$ 14,50, se convertido fica num preço razoável comparado aos batons nacionais, pela qualidade vale a pena. Mas no Brasil custa R$ 59,90. Pra se pensar duas vezes.
  • Pigmentação: 5/5
  • Qualidade: 9/10

Nota Geral: A-

NYX Ultra Pearl Mania – Review e Swatches!

25 maio

Eu juro que não sou patrocinada pela NYX (infelizmente, mas estamos aí se precisar, viu?), o que acontece é que eu adoro os produtos da linha. É o produto BBB: bom, bonito e barato! E barato não significa sem qualidade, neste caso. Pelo contrário, são produtos hipoalergênicos e cruelty free.

Um dos produtos que comprei pra experimentar e depois acabei levando outros são os pigmentos/sombra  Ultra Pearl Mania. O preço é inacreditável: $1,99 aonde, aonde? Na Cherry Culture!

O potinho é de plástico, pra caber 5ml, e não tem nada de glamouroso comparado aos pigmentos da MAC, e também não é dos mais práticos. Como o bocal é minúsculo, cabe pincel pequeno apertado, e a tampa não é funcional no sentido de usá-la como paleta.

Eu faço da seguinte forma: dou uma agitada de leve pra descompactar um pouco o pó, bato o potinho pra não sair um monte de pó na hora de abrir a tampa, e despejo com cuidado em um lenço de papel. Mas pode ser qualquer superfície, no lenço acho mais prático pra jogar fora depois. Controle a quantidade, porque só um pouco já faz milagre, e pela falta de praticidade pode cair demais.

Será que é pleonasmo dizer que os pigmentos são bem pigmentados? Bom, por isso só um pouco é suficiente. Como o nome diz, são de efeito perolado, diferente de simplesmente metálico. Brilham que é uma beleza! Por isso, algumas cores são preferencialmente para looks para noite e festas, pra abusar de brilho espalhafatoso.

Os pigmentos que comprei na Cherry Culture são: Nude, Charcoal, Turquoise, Rust, Mocha e Sky Pink.

Sky Pink, Mocha, Nude, Turquoise, Charcoal e Rust

Não são uma gracinha? Vejam os swatches:

Sky Pink, Mocha, Nude, Turquoise, Charcoal e Rust

  •  Sky Pink: é um rosa bebê bem sutil, mesmo carregando bastante pigmento, como no swatch.
  • Mocha: sombra marrom escura, tem um quê de bronze queimado.
  • Nude: ótima para iluminar embaixo da sobrancelha, no canto interno dos olhos, ou fazer o ‘farol’, em que você deposita um pouco de pigmento no centro da pálpebra. O nome é autoexplicativo, né? Nude lindo!  Acho que é a mais fácil de adaptar para um make pro dia-a-dia.
  • Turquoise: azul turquesa (duh), meio verde água. É lindo, mas confesso que ainda não usei e nem sei como usar. A cor é linda, mas tons assim acho meio difícil de usar, mas ainda darei um jeito. Desmistificaremos a sombra azul!
  • Charcoal: cinza chumbo claro, foi a que eu usei mais até agora. Também é bem adaptável.
  • Rust: é um cobre-ferrugem-avermelhado LINDO! Foi a primeira que comprei e foi responsável por querer outras. Usei quando fiz o look inspirado na Kristen Stewart, que elegi como Look do Ano. Lembra o tom da sombra unitária Fahrenheit.

Não tenho quase nenhum aspecto negativo em relação às sombras, tirando a embalagem que não é das mais práticas. Como a cabeçuda esqueceu de tirar foto do pote aberto, vejam uma imagem do blog Swatch & Learn:

As sombras têm um super brilho, mas é diferente do glitter. É hipnotizante quando você olha dentro do potinho, o brilho é incrível. Eu sempre aplico com pincel de cerdas sintéticas, aí desliza que é uma maravilha. A textura é bem gostosa, é fácil de aplicar mas só tem que lembrar que, como é pigmento solto, faz uma sujeira básica. Use aquele truque de colocar um lencinho embaixo dos olhos, senão suja o rosto inteiro.

Portanto, fica a dica de um produto altamente recomendável. A gama de cores é excelente, com cores neutras e básicas, e outras bem coloridas. No site da Cherry Culture, eles finalmente melhoraram as fotos com os swatches pra ajudar na hora da compra, estão mais fiéis, mas vale dar uma vasculhada nos blogs aí afora.

Onde comprar: Cherry Culture, Nonpareil Boutique, onde o preço é excelente. Mas se você não compra em site, não tem cartão de crédito internacional ou outro empecilho, o produto é vendido aqui no Brasil nas lojas da NYX. Só o preço não é tão camarada: custa cerca de R$ 30,00 quando vi pela última vez.

O review:

  • Embalagem: 2/5
  • Aplicação: 4/5 (pela sujeira que faz não dei 5, porque é facílimo de aplicar)
  • Valor: 5/5 – uma bagatela! Dificilmente você vai encontrar sombras a esse preço, de qualidade.
  • Pigmentação: 4/5
  • Qualidade: 9/10

Nota Geral: A-

Esmaltes Nfu-Oh!

15 abr

Meninas,

Recebam com carinho mais uma colaboração especial aqui no blog. Dessa vez, a Andrea Riccio conta pra nós a experiência com os esmaltes Nfu-Oh!, marca coreana famosa especializada em nail art  e seus esmaltes holográficos.

A Dea comprou um flocado, o no. 52 e o holográfico no. 65:

Nfu-Oh 52 e 65

Gente, só de olhar pro vidrinho desse flocado no. 52 eu piro! Que coisa mais linda!

A Dea testou sob o flocado vários esmaltes: vermelho, roxo neon e o preto. O melhor resultado foi com o preto. Ela passou duas camados do esmalte preto (Impala), e uma camada do Nfu-Oh no.52.

Vejam o resultado:

Segundo a Dea, o pincel de aplicação é maravilhoso, e a duração do esmalte na unha também foi bom. Achei lindo! *.*

A Dea também testou o holográfico da marca, o no. 65. A Nfu-Oh possui 6 holográficos, do no. 61 ao 66, e dizem que são os mais holográficos do mundo.

Cara, esse deve até cegar no sol, né?

Pra esse resultado, a Dea passou 3 camadas, pra deixar bem uniforme. Nas palavras dela: “é o único esmalte que fica REALMENTE holográfico. É mágico!”

O único inconveniente é que ele descasca fácil, ela precisou retocar no dia seguinte. Da próxima ela testará com um top coat pra ver se resolve esse problema.

O bom dos Nfu Oh, como a maioria dos esmaltes importados, é que eles são livres das substâncias do mal, ou seja, menor chance de causar alergia. Yay!

Onde comprar: a Dea comprou no Fabulous Street, loja gringa especializada em nail art. A loja fica nos EUA, em Los Angeles, e entrega no Brasil.

Cada Nfu Oh saiu a $12,50 + o frete de $10,00. Como a maioria das encomendas gringas, demorou um pouco mais de um mês pra chegar.

Bom, ainda vai ter mais da Dea por aqui no blog! Dêem uma passadinha no site dela, lá tem todo o trabalho dela como cantora/compositora: http://www.andreariccio.net E gente, essa menina canta! Fiquei surpresa! Eu a conheci quando ela tinha uns 13 anos, isso há uns 9 anos eu acho, como estou velha! E hoje ela canta igual gente grande.

Vou deixar aqui dois vídeos, um com a matéria que saiu no canal F do Fantástico, falando da sua música “My Disease”, que ela compôs inspirada em ‘New Moon’ da saga Crepúsculo, com intuito de entrar na trilha sonora. Não deu, mas a Dea anda fazendo sucesso, com clip gravado e tudo, vejam só!

E tem também essa versão de ‘Breakaway’ da Kelly Clarkson, que eu achei muito fofa! Assistam que vale a pena! =D

Gostou do trabalho da Dea? Não deixa de passar no site, lá tem muito mais!

Review: Maybelline Fit Me! Foundation

6 abr

Eu geralmente não uso muita base líquida, para o dia-a-dia acho que meu Studio Fix da MAC, que é pó e base ao mesmo tempo, já é de bom tamanho. Mas é sempre ter um bom produto à mão na hora da necessidade. Como não é um produto que uso sempre, optei pelos produtos de farmácia.

A marca que mais me chamou a atenção em relação a custo-benefício foi a Revlon. Sempre leio bem a respeito das suas bases, que são referência entre as marcas mais ‘populares’, que de popular mesmo só o boca-a-boca – no Brasil ainda é muito caro – mas existem tantas que é até difícil escolher. Tenho duas aqui que são realmente muito boas.

Mas dei de cara outro dia com um produto novo. O que me chamou a atenção inicialmente, foi a embalagem. Os produtos da Maybelline geralmente são simples, e confesso que da marca só gostava dos rímeis. Até agora.

A nova linha Fit Me!, que foi lançada no final do ano passado nos EUA,  é uma linha completa: base líquida, pó, blush, corretivo e bronzer. Chamou atenção porque parecia ser um produto diferenciado, pelo menos na embalagem. Mas como não devemos julgar um livro pela sua capa, fui dar uma olhada nos blogs afora o que é que andavam dizendo dos produtos.

E não é que eu só li maravilhas do Fit Me! Foundation? Fiquei curiosa pra testar o produto, até porque ele custa somente, em média, 8 doletas. Aproveitei que meu irmão estava em terras gringas e pedi duas cores: 210 – Sandy Beige, e 220 – Natural Beige.

210 - Sandy Beige e 220 - Natural Beige

 

”]

 

O interessante dessa linha, é que ela tem uma gama enorme de cores! São 18 tons de base, e a numeração se estende para o pó compacto, assim você não precisa quebrar a cabeça pra saber qual vai combinar com sua base. É complicado escolher tons vendo imagem no computador, mas li que pra quem é NC 30 pela MAC, é 210/220 na Maybelline, nessa linha. Pra não ter erro, pedi duas cores, pra poder misturar se preciso.

As cores:

Tem swatches na pele de todas as cores no blog Valentine Kisses.

E de fato, as cores serviram direitinho! Não escureceram nem clarearam demais o rosto. Só não vi diferença entre os dois tons, juro. Usei os dois tons em cada metade do rosto e ficou igual, embora sejam diferentes quando colocados na pele.

Vejam:

210 - Sandy Beige e 220 - Natural Beige

Dá pra notar a diferença de cor entre as duas tonalidades, mas usando uma ou a outra, eu realmente não notei diferença na minha pele. Se for, o Sandy Beige é pouco só mais claro, mas nada que faça notar a diferença.

Bom, e o que eu achei: não é que a base é boa mesmo?

Ela tem cobertura média, então você pode usar com outros produtos ou mesmo incrementar camadas. É bem leve também, não é daquelas bases que você sente o peso de usar. Tem aquele cheiro característico de base, mas quando aplicado na pele você nem sente. Espalha bem com pincel ou com os dedos, mas eu prefiro com um pincel de base.

Ela não fica oleosa com o passar do tempo, e por ser de cobertura média, dura bem até 6 horas de uso. Não que ela saia depois, mas é bom dar um retocada no pó. Ele não tem óleo em sua composição, então não fica brilho excessivo. Com pigmentos particulados, sua fórmula é à base de silicone e polímeros que se adaptam ao seu tom natural da pele. A cobertura é bem natural mesmo, e segundo a Maybelline, ‘possui exclusiva fórmula de base translúcida e pigmentos levíssimos que permite que se veja o tom e peculiaridades da pele natural’. Ainda, possui antioxidantes como vitamina E e C.

O ideal é sempre usar um pó translúcido depois da base, pra tirar o excesso de brilho, mas por enquanto estou usando uma camada bem leve do Studio Fix mesmo.

Ele tem FPS 18, é testado dermatologicamente e não-comedogênico.

O único porém dele, é a embalagem: ele não tem nenhuma válvula de bombeamento, você precisa entornar o vidrinho até o conteúdo cair, o que pode acarretar em um eventual desperdício, já que pode cair demais.  E não é nada prático. Ou você pode usar sempre uma espátula, mas tem que tomar muito cuidado com a higiene para não haver contaminação.

Ainda é cedo pra dizer, mas com certeza esse produto já está na lista de favoritos de 2011. Foi uma boa surpresa, um produto bom e barato, o único inconveniente é que ainda não vende no Brasil.

Portanto, agora é torcer para a Maybelline trazer essa linha para o Brasil e que os preços sejam igualmente acessíveis. Ah sim, tragam também a gama inteira de cores, sim?

Analisando o produto:

  • Embalagem: 3/5
  • Aplicação: 4/5
  • Valor: 5/5
  • Qualidade: 9/10

Nota geral: A-