Tag Archives: alergia

Esmaltes importados alternativos

11 set

Olá meninas!

Ainda sobre compras na Cherry Culture, comprei alguns esmaltes pra experimentar, já que os importados não possuem as substâncias que possivelmente me dão alergia. [Post sobre alergia x esmaltes aqui.] Pra quem não quer gastar horrores num vidrinho de 8ml de esmalte importado, é fácil buscar alternativas mais baratas.

Não procurei em outros lugares ainda, mas na Cherry Culture tem várias marcas de esmalte, dentre elas, L.A. Girl, Jordana, Milani, Sinful Colors, NYX, etc. Já que cada vidrinho saiu cerca de US$ 2,00, e os vidros são quase o dobro dos nacionais – cerca de 15ml, resolvi me aventurar.

Esses aqui são, respectivamente, a base da Jordana ‘Diamond Boost Hardener’, o Mint Apple da Sinful Colors e o Top Coat da L.A. Girl para secagem rápida.

Estava batendo perna na 25 de Março semana passada, e dei de cara com produtos Jordana ao entrar numa loja de cosméticos por lá. Não sabia que vendia aqui no Brasil O.o, mas pelo que vi não tinha esmalte. Se alguém souber de outros pontos de venda, avisa aí!

Escolhi também um conjuntinho da L.A. Colors, de 4 cores super explosivas – o nome da coleção é justamente Explosive, bem apropriado. São 4 cores neon, com exceção do verde, que é o mais normal da família, e o que mais me chamou atenção. Diferente dos outros, os vidrinhos são de 7ml. As cores não têm nome, mas vem um rosa flúor, um verde bem vivo mas que não chega a ser neon, um roxo intenso e um laranja bem neonzão mesmo.

Não, ainda não tenho swatches pra vocês porque ainda não usei nenhuma cor, mas como sou ansiosa, experimentei cada cor assim que a caixa da Cherry Culture chegou. Passei uma cor em cada unha hehehe, mas só fotografei o dedão com o verde. Biito, não? Ok, ok, mais pra frente faço swatches procêis.

Tenho usado direto a base da Jordana e o top coat da L.A. Girl, e realmente não tem me dado nenhuma reação alérgica. Fiz questão de ler cada rótulo, e os produtos são mesmo livres de tolueno, formaldeído e DBP.

A base da Jordana ‘Diamond Boost Hardener’ tem pó de diamante, especialmente para quem tem unhas frágeis e quebradiças. A linha de esmaltes para tratamento é bem extensa, com direito a esmalte com alho, especial [contra vampiros?he-he-he] para crescimento das unhas. Veja aqui a linha completa: http://www.jordanacosmetics.com/p-110-nail-treatment.aspx

O top coat da L.A. Girl é eficiente, não tem muito o que falar. Dá um super brilho também, e tirou todas as bolhinhas que costumavam ficar na superfície da unha no dia seguinte.

A linha completa da L.A. Girl de esmaltes para tratamento: http://www.lagirlusa.com/products_detail.php?objID=75

Bem, se você quer experimentar um esmalte importado e barato para saber se é alérgico ou não, fica a dica.

E vocês, já testaram?

Anúncios

Aquisições na Cherry Culture!

27 ago

Olá meninas!

Fiz uma nova comprinha na Cherry Culture, e na minha primeira compra houve um atraso, lembram-se? Pois bem, estou começando a achar que esse atraso já é característica da Cherry. Postei meu pedido dia 04/08, mas fui avisada de que pedidos postados do dia 27/07 até 04/08 sofreriam um pequeno atraso, do qual não fui informada o prazo. Bem, continuei acompanhando o status do meu pedido pelo site e continuou no ‘processando’ por algum tempo, mas tive paciência e aguardei.

No dia 12, ou seja, mais de uma semana, recebi o e-mail final da Cherry avisando que meu pedido havia sido processado, na verdade era a mesma confirmação do dia 4. Bem, restava aguardar o prazo de 7-14 dias úteis, e chegando hoje, passaram-se 10 dias úteis. Fiquei feliz que a entrega foi mais rápida que o usual, tirando o atraso que foi por conta da Cherry Culture mesmo.

Vamos ao estrago:

OLHOS

  • 2 Eye/Eyebrow Pencil da NYX, nas cores Charcoal e Grey
  • 6 Single Eyeshadow NYX nas cores Cherry, Fahrenheit, Hot Pink, Odyssey, Frosted Ocean e Charcoal
  • 3 Ultra Pearl Mania NYX – pigmentos nas cores Charcoal, Turquoise e Sky Pink

Nota mental: esquecer de comprar sombras por enquanto! Esqueça promoções, Amanda!

As sombras da NYX são irresistíveis! Elas são tão bonitas, e é tão bom ver um material de qualidade a preços acessíveis. E os pigmentos, eu gostei tanto que acabei levando mais 3.

Só errei na mão na hora de escolher – peguei dois tons praticamente iguais. Em foto não é, mas o Odyssey e o Frosted Ocean são irmãos gêmeos. Mais pra frente mostro a diferença entre eles, que é ínfima!

UNHAS

  • Sinful Colours Mint Apple
  • L.A. Girl Quick Dry Top Coat
  • Jordana Diamond Boost Hardener Basecoat
  • L.A. Colors INTENSE Nail Collection – kit com 4 esmaltes

Como já falei da minha alergia por esmalte, resolvi comprar alguns importados para testar, já que lá fora as substâncias que dão alergias são proibidas (como expliquei aqui!). Hoje já fiz as unhas, usei a base da Jordana ‘Diamond Boost’ que contém pó de diamante, que na verdade é um fortalecedor de unhas frágeis. Experimentei também o top coat da L.A. Girl para secagem rápida. Vamos ver se dá diferença!

Peguei também um kit de 4 cores da L.A. Colors – 4 cores intensas MESMO, que vêm num vidrinho fofo! Já pincelei os esmaltes pra ver como fica, as cores são radiantes e neon. Logo mais, swatches procêis.

LÁBIOS

Por fim, peguei mais um lápis delineador, o Long Pencil Lip da NYX, na cor Mauve. Ele é tão macio e bonito, não tive que pensar muito! É um tom bem natural, um pouco mais rosado e forte que a cor ‘Natural’ que adquiri da primeira vez, mas é bem bonito e fica bom pra usar com batons de cor rosada e cor de boca.

Bom, aguardem reviews e swatches! =D

O colorido mundo dos vidrinhos: alergias

19 jul

Hey girls! =)

Vamos falar de esmaltes hoje? Esses vidrinhos cheios de cor que enfeitam nossas unhas, além de proteger e fortalecê-las. Quem resiste à uma corzinha nas unhas, mesmo que seja só uma base cor de rosa?

Infelizmente o que algumas pessoas não sabem, é que essas maravilhas também podem causar alergias, e esse é principal assunto de hoje.

Estima-se que 10% da população sofra de reações alérgicas ao esmalte.

O que me motivou a escrever é que eu mesma tenho alergia, e só fui descobrir muito tempo depois. As alergias são bem específicas, e as manifestações variam de pessoa pra pessoa.

Pra mim por exemplo, é através do contato da unha com a pele, principalmente do rosto, que causa alergia, que é a dermatite de contato. Causa uma coceira em volta dos olhos, vermelhidão e inchaço. Em mim se restringe a isso, mas para algumas pessoas vai muito além: basta passar o esmalte para a coceira se espalhar dos dedos, para as mãos, rosto e pescoço. Nos pés, não tenho problema algum, enquanto algumas pessoas não podem de jeito nenhum.

O que causa a alergia ao esmalte são seus componentes que auxiliam a sua aderência e  durabilidade, o formaldeído; o tolueno, que é um solvente presente desde sempre nos esmaltes (barato), e a mica, um pigmento próprio de esmaltes cintilantes e perolados. A mica também está presente em algumas maquiagens, principalmente em sombras.

O interessante é que o formaldeído e o tolueno são substâncias proibidas nos EUA e na Europa, por serem considerados prejudiciais à saúde. Houve boatos de que logo logo a Anvisa iria proibir essas substâncias também aqui no Brasil, o que me animou já que eu poderia comprar qualquer esmalte sem ter que ler a composição nas letras miúdas dos vidrinhos, mas checando o site da Anvisa, não há nenhuma proibição em vista. Há um projeto de lei em andamento, para banir definitivamente o formaldeído da composição de produtos de higiene pessoal e cosméticos, devido ao seu potencial tóxico. Vale lembrar que o formaldeído é/era composição das escovas progressivas, que já deu muito o que falar, por literalmente descabelar muita gente, sem falar em situações mais graves.

ALTERNATIVAS


No Brasil encontramos marcas nacionais livres dessas substâncias, como os da marca Argento, cujo preço é de um esmalte normal, cerca de R$ 3,50, e marcas como Risqué e Impala que possuem linha própria de esmaltes hipoalergênicos, mas o preço é mais alto, por volta de R$ 9,00. O problema é a variedade de cores: geralmente as cores variam do branquinho leite de côco ao vinho, cores básicas e sem criatividade. E talvez pelos seus componentes, esses esmaltes costumam lascar mais e durar bem menos que os esmaltes normais.

Este é um dos vermelhos da linha da Argento – no vidro! Quase nunca usei, a cor não me agrada. O que está nas minhas unhas é o Armadilha Rosa da linha Penélope Charmosa da Risqué, um dos meus rosas prediletos do momento.

Há também a opção de procurar pelos esmaltes importados, já que eles não possuem essas substâncias, podendo desembolsar a partir de R$ 30.00, pelo da Revlon, por exemplo. Há muito tempo, quando a Maybelline apareceu no Brasil, comprei um esmalte da linha e realmente não me deu alergia.

Mas se você é extremamente alérgica, é recomendado fazer um teste de toque junto ao dermatologista, para descobrir quais são as substâncias específicas que você é alérgica. Pode ser que você tenha alergia mesmo utilizando esses esmaltes hipoalergênicos.

Outra alternativa, que é a que funciona pra mim, é passar uma camada de base hipoalergênica, depois o esmalte comum, quantas camadas forem necessárias, e depois a base incolor hipoalergênica por cima, vedando o esmalte que me causa alergia. Costuma funcionar sem problemas, contanto que eu não fique coçando muito os olhos, mas isso depende de pessoa pra pessoa. O ideal mesmo é verificar com seu dermatologista qual é a melhor opção pra você.

Eu viveria em um mundo bem menos rosa sem minha base hipoalergênica.

Lembro de ter ficado muito triste quando descobri que era alérgica a esmalte, afinal o tratamento para alergias em geral é eliminar o agente agressor. Mas ainda bem que sempre há alternativas, do contrário hoje eu não teria levado 5 esmaltes rosa ao passar na farmácia e ver promo de baciada, hehehe. =)

Se você tem outras dicas e recomendações sobre alergias à esmalte, escreva pra nós!

Review – Clinique Lash Power Mascara Long Wearing Formula

2 jul

Hey meninas! =D

Bom, hoje vamos falar de um dos meus rímeis prediletos. Pra começar, vou explicar porque ele é o eleito da vez, o Lash Power Mascara Long Wear Formula da Clinique.

Eu praticamente não uso muita maquiagem, mas um rímel de vez em quando é bom. Tenho alguns problemas de alergia, então tenho cuidado redobrado na hora de comprar maquiagem. Ainda tenho um fator complicador: uso lentes de contato, e por mais que a maioria dos rímeis venha impresso ‘testado por oftalmologistas’, nem sempre é significado de zero problemas. Não basta tudo isso, meus cílios do canto do olho (para o meio do rosto) são curvados para dentro, então se passo um pouco de rímel ali, é claro que vai entrar em contato com o olho. Algumas marcas me fazem ver pontos pretos, e quando tiro a lente pra limpar, vejo várias manchinhas. Não bom!

Os rímeis da Clinique nunca me deram problemas quanto a isso. Bem, é uma marca diferenciada, voltada para linha exclusivamente hipoalergênica. Vai além disso, todos os produtos são produzidos sem nenhum agente alérgico, que pra eles é diferente de ser hipoalergênico. Pra quem tem a pele muito sensível, às vezes pode encontrar problema em algum produto e achar que é propaganda enganosa, mas de fato, como o próprio nome diz, hipoalergênico só vai diminuir a chance de dar alguma reação.

Bem, o que ele promete?

A Clinique tem uma linha de uns 10 rímeis, e às vezes são tantos diferenciais que não sabemos por onde começar. Eu meio que escolhi a dedo, porque sabia que qualquer um desses seria muito bom, mas o rímel em questão oferece alta fixação do produto, 24 horas de uso sem problemas. Bem, apliquei hoje de manhã às 7:00 e tirei somente às 22:00. Ele ainda estava intacto, isso que eu vivo com a mão nos olhos. Apesar de não ser à prova d’água, diz ser à prova de chuva, suor, umidade e mesmo se você chorar! E ao mesmo tempo, ela sai quase toda ao lavar o rosto. A premissa é que o produto seja facilmente removido em água morna. Realmente, no banho ele sai e até esqueço que estava usando. Mas geralmente uso o sabonete líquido da Nivea que remove também maquiagem, e sai com facilidade. Claro que depois preciso passar um demaquilante específico para olhos (assunto para outro post!), mas nada que você precise arrancar os cílios juntos pra não virar um panda no dia seguinte! =)

O pincel dele é pequeno e fácil de manusear, permitindo alcance aos cílios mais curtinhos. Ele realmente alonga, mas não engrossa muito os cílios, então volume não é o ponto forte. Mas é para um visual mais clean e para o dia-a-dia, nada muito carregado, fica com aspecto bem natural. E o melhor de tudo, ele não amontoa os cílios, uma passada só e já se vê uma boa diferença.

Aqui, uma foto do brush:

Apesar da validade de um rímel variar de 3 a 6 meses, o meu tem durado mais porque não uso todo dia e costumo variar também. Não é bom que um rímel dure muito tempo no seu estojo, porque ele acumula bactérias – o vidro escuro só favorece a cultura de bactérias lá dentro, e o vai-e-vém do pincel pra dentro leva ar pro tubo, o que também ajuda a criar um meio de cultura de bactérias.

Deve-se tomar muito cuidado com a região dos olhos, além de ser mais sensível, a mucosa dos olhos é mais permeável e suscetível a infecções.

A Clinique têm se expandido no Brasil, com abertura de lojas próprias, além de continuar vendendo em lojas de maquiagem. Só o preço continua não muito acessível rs, mas é um produto importado, e a gente sabe que sempre sai mais caro. E de qualidade também! =D

No site em português, você encontra informações sobre produtos, onde encontrá-los, e até mesmo fazer uma breve análise de pele. Pela Sack’s você consegue adquirir os produtos sem sair de casa.