Tag Archives: Argento

O colorido mundo dos vidrinhos: alergias

19 jul

Hey girls! =)

Vamos falar de esmaltes hoje? Esses vidrinhos cheios de cor que enfeitam nossas unhas, além de proteger e fortalecê-las. Quem resiste à uma corzinha nas unhas, mesmo que seja só uma base cor de rosa?

Infelizmente o que algumas pessoas não sabem, é que essas maravilhas também podem causar alergias, e esse é principal assunto de hoje.

Estima-se que 10% da população sofra de reações alérgicas ao esmalte.

O que me motivou a escrever é que eu mesma tenho alergia, e só fui descobrir muito tempo depois. As alergias são bem específicas, e as manifestações variam de pessoa pra pessoa.

Pra mim por exemplo, é através do contato da unha com a pele, principalmente do rosto, que causa alergia, que é a dermatite de contato. Causa uma coceira em volta dos olhos, vermelhidão e inchaço. Em mim se restringe a isso, mas para algumas pessoas vai muito além: basta passar o esmalte para a coceira se espalhar dos dedos, para as mãos, rosto e pescoço. Nos pés, não tenho problema algum, enquanto algumas pessoas não podem de jeito nenhum.

O que causa a alergia ao esmalte são seus componentes que auxiliam a sua aderência e  durabilidade, o formaldeído; o tolueno, que é um solvente presente desde sempre nos esmaltes (barato), e a mica, um pigmento próprio de esmaltes cintilantes e perolados. A mica também está presente em algumas maquiagens, principalmente em sombras.

O interessante é que o formaldeído e o tolueno são substâncias proibidas nos EUA e na Europa, por serem considerados prejudiciais à saúde. Houve boatos de que logo logo a Anvisa iria proibir essas substâncias também aqui no Brasil, o que me animou já que eu poderia comprar qualquer esmalte sem ter que ler a composição nas letras miúdas dos vidrinhos, mas checando o site da Anvisa, não há nenhuma proibição em vista. Há um projeto de lei em andamento, para banir definitivamente o formaldeído da composição de produtos de higiene pessoal e cosméticos, devido ao seu potencial tóxico. Vale lembrar que o formaldeído é/era composição das escovas progressivas, que já deu muito o que falar, por literalmente descabelar muita gente, sem falar em situações mais graves.

ALTERNATIVAS


No Brasil encontramos marcas nacionais livres dessas substâncias, como os da marca Argento, cujo preço é de um esmalte normal, cerca de R$ 3,50, e marcas como Risqué e Impala que possuem linha própria de esmaltes hipoalergênicos, mas o preço é mais alto, por volta de R$ 9,00. O problema é a variedade de cores: geralmente as cores variam do branquinho leite de côco ao vinho, cores básicas e sem criatividade. E talvez pelos seus componentes, esses esmaltes costumam lascar mais e durar bem menos que os esmaltes normais.

Este é um dos vermelhos da linha da Argento – no vidro! Quase nunca usei, a cor não me agrada. O que está nas minhas unhas é o Armadilha Rosa da linha Penélope Charmosa da Risqué, um dos meus rosas prediletos do momento.

Há também a opção de procurar pelos esmaltes importados, já que eles não possuem essas substâncias, podendo desembolsar a partir de R$ 30.00, pelo da Revlon, por exemplo. Há muito tempo, quando a Maybelline apareceu no Brasil, comprei um esmalte da linha e realmente não me deu alergia.

Mas se você é extremamente alérgica, é recomendado fazer um teste de toque junto ao dermatologista, para descobrir quais são as substâncias específicas que você é alérgica. Pode ser que você tenha alergia mesmo utilizando esses esmaltes hipoalergênicos.

Outra alternativa, que é a que funciona pra mim, é passar uma camada de base hipoalergênica, depois o esmalte comum, quantas camadas forem necessárias, e depois a base incolor hipoalergênica por cima, vedando o esmalte que me causa alergia. Costuma funcionar sem problemas, contanto que eu não fique coçando muito os olhos, mas isso depende de pessoa pra pessoa. O ideal mesmo é verificar com seu dermatologista qual é a melhor opção pra você.

Eu viveria em um mundo bem menos rosa sem minha base hipoalergênica.

Lembro de ter ficado muito triste quando descobri que era alérgica a esmalte, afinal o tratamento para alergias em geral é eliminar o agente agressor. Mas ainda bem que sempre há alternativas, do contrário hoje eu não teria levado 5 esmaltes rosa ao passar na farmácia e ver promo de baciada, hehehe. =)

Se você tem outras dicas e recomendações sobre alergias à esmalte, escreva pra nós!

Anúncios