Tag Archives: rimel

Old, but gold

15 abr

Esse post foi inspirado numa conversa entre duas comadres num banheiro de shopping. Elas estavam se empetecando no banheiro, enquanto davam dicas uma à outra. E eis que uma ficou maravilhada com a ‘invenção’ da colega:

– Noooossa! Que maravilha! Isso facilita muito!

O truque é bem antigo, na verdade: estamos falando de dar aquela entortadinha marota no pincel do rímel. Pois é, esse truque que é da época da vovó (tinha rímel naqueles tempos?) às vezes não é conhecido por todas, então #ficadica super simples:

– Dê uma entortada de leve no pincel, mas de leve mesmo, só até sentir que ele entortou:

E depois… é só usar seu rímel e ver como ficou mais fácil!

Imagens do blog Rocks In my Dryers

Você consegue pegar todos os seus cílios de uma vez, até os das extremidades, sem fazer sujeira. Os meus do cantinho de fora são indisciplinados mesmo pós-curvex, então esse truque facilita.

Não faço isso com todos, só os que eu acho que realmente precisam.

E você fecha o rímel da mesma forma depois. Prático e simples!

Anúncios

Swatches: Coleção MAC Wonder Woman – Opulash Mascara

27 jan

Como vocês nem gostam das coleções da MAC, vou postando aos poucos as novidades já resenhadas e testadas pela Temptalia, pra variar! 2011 começou bem pra MAC, mas confesso que vai precisar de mais pra superar a coleção Venomous Villains, na minha opinião.

Mas nem vamos resmungar porque pelo menos, essa coleção vai vir pro Brasil =D

 

Vou começar mostrando as máscaras Opulash, que tem a versão tradicional na cor Bad Bad Black – preto, né? E também muita cor.

 

 

A MAC Opulash Mascara é um rímel pra dar volume e alongamento aos cílios, sendo de longa duração. Foi desenvolvido pra durar mais de 15 horas. Na realidade a Opulash já existe na coleção regular, mas apenas na cor Black.

 

Verde! E não é que ficou legal?

A coleção Wonder Woman traz as cores:

  • Army of Amazons: verde esmeralda fechado;
  • Bad Bad Black: pretinha básico
  • Themyscira: violeta puxado pro azul. Pra mim era só azul mesmo.
  • Victorious: roxo médio

E como vocês nem devem dar bola pros nomes, vamos pras cores =D

 

Army of Amazon, Bad Bad Black, Themyscira, Victorious

 

Rímel colorido por enquanto é passarela demais pra mim. Que tal?

 

Fonte: Temptalia

Curvex alternativo

12 jul

Hey girls!

A Amanda G já falou da sua última aquisição na Contém 1g, o curvex, um aparato simples que literalmente levanta o olhar. Pois bem, hoje vou falar um pouco do tal do curvex elétrico, que causa um certo reboliço! Ele não é novidade, mas pouco se sabe sobre esse aparelho.

Eu nunca experimentei, mas tenho algumas amigas que são adeptas do aparelho. Nunca me falaram mal também, mas já li muita gente reclamando que foi um baita dinheiro jogado fora, afinal um curvex desse pode sair mais de R$100,00, enquanto um tradicional, você encontra a R$15,00, de boa qualidade.

E como funciona?

Bem, geralmente ele funciona com duas pilhas AAA. A temperatura é controlada através de um microchip. Quando atinge a temperatura adequada para uso, a borrachinha altera a cor, indicando o uso.

Há uma grande variação de preços no mercado. A Avon costumava vender a R$ 19,00, mas nunca mais vi no catálogo (confesso não estar tãããão atualizada com a Avon), enquanto o da Panasonic, que é o aparelho que me falaram, custa R$ 159,00 (Oooopa! Acabei de encontrar o modelo no site do Extra com uma super promo – de R$ 159,00 por R$ 59,00)

As mesmas recomendações do curvex tradicional servem para este: usar sempre antes de aplicar o rímel, assim você não enfraquece seus cílios.

Eis aqui o tal:

Bonitinho, né?

Outra opção é o modelador de cílios. O único modelo que encontrei é também da Panasonic. É como se fosse apenas o brush do rímel, para separar e modelar os cílios após o uso de máscara. A Panasonic recomenda até mesmo seu uso sem aplicação de máscara.

No Extra também vende, de R$ 169,90 por R$ 149,90.

A Revlon também tem um modelo assim, que vende na Brigette’s Boutique por  modestos US$ 4,95. Fiquei tentada a comprar. Confesso que esse modelador parece mais inofensivo que o curvex.

Mas como eu disse, testemunhas confirmam que não faz mal – ele fica morninho, nada que vá queimar os cílios, e funciona! Aí vai depender também da necessidade de cada um; pra algumas pessoas, curvex não faz diferença nenhuma.

Bem, há um método tabajara alternativo também, mostrado pela guru mais famosa do Youtube, Michelle Phan, no qual ela ensina a curvar os cílios usando hashis, isso mesmo, os palitinhos orientais de comer sushi! Mas sinceramente, não sei até onde isso é recomendável. Os aparelhos têm um termostato que indica a temperatura ideal para não queimar ou danificar os cílios, enquanto o método da Michelle é totalmente empírico. Pra quem quiser conferir por curiosidade… (eu a acho super criativa, mas ela inventa umas… =P – avancem até uns 4:00 que é a parte que interessa)

E aí? Vocês usariam o curvex elétrico? Já experimentaram?? Dêem suas sugestões!

Elétrico ou não, confiem sempre em produtos de qualidade e tradição!

Review – Clinique Lash Power Mascara Long Wearing Formula

2 jul

Hey meninas! =D

Bom, hoje vamos falar de um dos meus rímeis prediletos. Pra começar, vou explicar porque ele é o eleito da vez, o Lash Power Mascara Long Wear Formula da Clinique.

Eu praticamente não uso muita maquiagem, mas um rímel de vez em quando é bom. Tenho alguns problemas de alergia, então tenho cuidado redobrado na hora de comprar maquiagem. Ainda tenho um fator complicador: uso lentes de contato, e por mais que a maioria dos rímeis venha impresso ‘testado por oftalmologistas’, nem sempre é significado de zero problemas. Não basta tudo isso, meus cílios do canto do olho (para o meio do rosto) são curvados para dentro, então se passo um pouco de rímel ali, é claro que vai entrar em contato com o olho. Algumas marcas me fazem ver pontos pretos, e quando tiro a lente pra limpar, vejo várias manchinhas. Não bom!

Os rímeis da Clinique nunca me deram problemas quanto a isso. Bem, é uma marca diferenciada, voltada para linha exclusivamente hipoalergênica. Vai além disso, todos os produtos são produzidos sem nenhum agente alérgico, que pra eles é diferente de ser hipoalergênico. Pra quem tem a pele muito sensível, às vezes pode encontrar problema em algum produto e achar que é propaganda enganosa, mas de fato, como o próprio nome diz, hipoalergênico só vai diminuir a chance de dar alguma reação.

Bem, o que ele promete?

A Clinique tem uma linha de uns 10 rímeis, e às vezes são tantos diferenciais que não sabemos por onde começar. Eu meio que escolhi a dedo, porque sabia que qualquer um desses seria muito bom, mas o rímel em questão oferece alta fixação do produto, 24 horas de uso sem problemas. Bem, apliquei hoje de manhã às 7:00 e tirei somente às 22:00. Ele ainda estava intacto, isso que eu vivo com a mão nos olhos. Apesar de não ser à prova d’água, diz ser à prova de chuva, suor, umidade e mesmo se você chorar! E ao mesmo tempo, ela sai quase toda ao lavar o rosto. A premissa é que o produto seja facilmente removido em água morna. Realmente, no banho ele sai e até esqueço que estava usando. Mas geralmente uso o sabonete líquido da Nivea que remove também maquiagem, e sai com facilidade. Claro que depois preciso passar um demaquilante específico para olhos (assunto para outro post!), mas nada que você precise arrancar os cílios juntos pra não virar um panda no dia seguinte! =)

O pincel dele é pequeno e fácil de manusear, permitindo alcance aos cílios mais curtinhos. Ele realmente alonga, mas não engrossa muito os cílios, então volume não é o ponto forte. Mas é para um visual mais clean e para o dia-a-dia, nada muito carregado, fica com aspecto bem natural. E o melhor de tudo, ele não amontoa os cílios, uma passada só e já se vê uma boa diferença.

Aqui, uma foto do brush:

Apesar da validade de um rímel variar de 3 a 6 meses, o meu tem durado mais porque não uso todo dia e costumo variar também. Não é bom que um rímel dure muito tempo no seu estojo, porque ele acumula bactérias – o vidro escuro só favorece a cultura de bactérias lá dentro, e o vai-e-vém do pincel pra dentro leva ar pro tubo, o que também ajuda a criar um meio de cultura de bactérias.

Deve-se tomar muito cuidado com a região dos olhos, além de ser mais sensível, a mucosa dos olhos é mais permeável e suscetível a infecções.

A Clinique têm se expandido no Brasil, com abertura de lojas próprias, além de continuar vendendo em lojas de maquiagem. Só o preço continua não muito acessível rs, mas é um produto importado, e a gente sabe que sempre sai mais caro. E de qualidade também! =D

No site em português, você encontra informações sobre produtos, onde encontrá-los, e até mesmo fazer uma breve análise de pele. Pela Sack’s você consegue adquirir os produtos sem sair de casa.