Tag Archives: base

Resenha BB Cream Hot Pink Super + Skin79

18 jun

Ouvi muitos burburinhos acerca dos BB creams, que resolvi ir atrás. Primeiro, minha ignorância me fez acreditar que era uma marca, e aí quando fui ler a respeito, vi que havia um mundo de BB creams.

Então, o que é o BB Cream?

O Blemish Balm cream (ou Beblesh Balm, Blemish Base) inicialmente era um creme  hidratante produzido pelos alemães para auxiliar no pós operatório de cirurgias a laser em pacientes com doenças da pele, contribuindo para a regeneração. Ele alivia a pele e tira o vermelhidão e ressecamento em casos de peeling, por exemplo.

Logo ficou popular na Ásia, com uma infinidade de marcas e tipos, mas geralmente são utilizados como uma espécie de primer ou mesmo base. Como alguns possuem alto FPS, também substituem esse tipo de creme. Assim, é uma forma de economizar com tantos produtos: há bb creams que possuem função clareadora, protetor solar, minimizador de poros, base, hidratante… praticamente um bombril. E aí notaram que muitas celebridades de olhinhos puxados sempre apareciam com a pele impecável, e claro, quiseram saber a fonte do segredo: genética, alimentação, clima? Pode ser. Mas o truque na manga era o tal do BB cream.

As marcas mais populares na Ásia são Missha, The Face Shop, Lioele, Skin79, Skin Food, entre outros. Marcas mais famosas mundialmente entraram no embalo dos BB creams: Lancôme, Maybelline, Clinique, são algumas das marcas que comercializam suas próprias versões do creme, por enquanto, somente na Ásia. E então, como escolher?

Eu optei por uma das poucas marcas que encontrei informações em inglês, a maioria somente em coreano mesmo. A Skin79 possui até um site em inglês, e se denomina a marca #1 em BB creams do mercado. Como eles têm várias opções de cremes, fui na mais comum e genérica, a Hot Pink Super+, que promete função 10 em 1: clareamento, melhora das rugas e linhas de expressão, controle da oleosidade, hidratação, proteção UV, proteção e nutrição para a pele. Não sei onde estão as outras duas, isso é o que diz no site. #contagemfail

Uma amiga foi à Coréia esses dias e trouxe o produto (obrigada, Dai!), que não é exatamente fácil de achar por aqui, já que a maioria são marcas coreanas. Eu ia encomendar o produto no eBay, onde é possível encontrar vários vendedores que enviam para o Brasil.

A embalagem é super bonitinha, né? São 40g nesse sistema de válvula, que é super fácil de controlar a quantidade do produto.

E o que existe nessa fórmula milagrosa? São vários ingredientes que resultam neste produto incrível:

O creme é um bege acinzentado, que olhando à primeira vista, parece que não vai combinar nada com o tom de pele. Ele foi desenvolvido para a pele oriental, e mesmo eu sendo representante tabajara (não como sashimi u.u), pode parecer meio suspeito, mas ele não alterou em nada meu tom de pele. Li que para pele negra não funcionou muito bem, mas a Marina do Coisas de Diva, que parece ser bem branquinha, disse que o produto também combinou com o tom de pele dela. Então é meio que na sorte.

O efeito é incrível: deu uma aparência super natural na pele, sem brilho, e sem deixar totalmente matte. Sequinho, mas realmente bem natural. Essa semana eu estava com a pele bem vermelha embaixo dos olhos por causa do frio, e ele tirou esse vermelhidão, uniformizando a pele, como se fosse uma base. Aliás, essa semana que passou, eu não usei nada além dele: nada de Studio Fix, nada de base, nadica de nada. Minha mãe achou que eu tinha passado pó, de tão sequinha que a minha pele estava. E o melhor: ficou assim o DIA TODO! Desde às 6:30 da matina até às 23:00. Tudo bem que não está fazendo calor, mas sempre no final do dia a pele fica mais oleosa. Vamos ver como será no verão.

E pra não haver dúvidas que ele altera o tom da pele, depois de lavar o rosto, passei o tônico e ele saiu limpo! Sem nenhuma corzinha, como sai quando passo base ou mesmo o Studio Fix, só a poluição do dia todo.

A pele fica sedosa, lisinha, como após o uso de um primer. A consistência do creme é bem grossa, mas um pouquinho é suficiente para o rosto, basta espalhar bem. E como a textura é grossa, preferi passar com os dedos mesmo, e precisa espalhar bem pra não acumular excessos.

Minha pele é mista para seca, mais oleosa na zona T e se adaptou muito bem ao creme. Não dá vontade de usar mais nada! Ele tem um leve cheiro de base + protetor solar, mas é só na hora da aplicação.

A única coisa que me preocupou, é que não achei nenhuma informação se o produto é não-comedogênico. Ele não é dos mais leves no rosto, a sensação que tive ao usar o produto é um pouco semelhante ao de um protetor solar.

A idéia do produto também é que diminua as chances de rugas com o uso contínuo do produto, e já que é melhor prevenir do que remediar, vou acreditar que é um bom investimento neste quesito. Quanto aos outros, já sou fã do produto.

Também ganhei um kit da Skin79 com 4 miniaturas dos BB creams da marca:

Vou testar cada uma das versões e conto pra vocês.

Um dos produtos mais legais que experimentei nos últimos tempos!

Onde comprar: não chore achando que vai ter que viajar para o outro lado do mundo, não. O eBay encurta seu caminho até o BB cream. Dê uma boa fuçada por lá, porque existe uma infinidade de BB creams. Avalie também o vendedor, porque já li a respeito de BB creams da Skin79 falsificados por aí. Escolham vendedores que tenham boa pontuação! Ainda não procurei, mas talvez existam lojas na Liberdade que vendam, vale a pena dar uma procurada.

O review:

  • Embalagem: 5/5 bem funcional, fácil de controlar a quantidade, o sistema de bomba à vácuo não vai sobrar nada pra contar história.
  • Aplicação: 4/5 consistência não é das mais fáceis de passar.
  • Valor: 4/5 achei o valor razoável pelas suas múltiplas funções, se for comparar a um preço de base, por exemplo
  • Qualidade: 9/10

Nota Geral: A

Anúncios

Review: Maybelline Fit Me! Foundation

6 abr

Eu geralmente não uso muita base líquida, para o dia-a-dia acho que meu Studio Fix da MAC, que é pó e base ao mesmo tempo, já é de bom tamanho. Mas é sempre ter um bom produto à mão na hora da necessidade. Como não é um produto que uso sempre, optei pelos produtos de farmácia.

A marca que mais me chamou a atenção em relação a custo-benefício foi a Revlon. Sempre leio bem a respeito das suas bases, que são referência entre as marcas mais ‘populares’, que de popular mesmo só o boca-a-boca – no Brasil ainda é muito caro – mas existem tantas que é até difícil escolher. Tenho duas aqui que são realmente muito boas.

Mas dei de cara outro dia com um produto novo. O que me chamou a atenção inicialmente, foi a embalagem. Os produtos da Maybelline geralmente são simples, e confesso que da marca só gostava dos rímeis. Até agora.

A nova linha Fit Me!, que foi lançada no final do ano passado nos EUA,  é uma linha completa: base líquida, pó, blush, corretivo e bronzer. Chamou atenção porque parecia ser um produto diferenciado, pelo menos na embalagem. Mas como não devemos julgar um livro pela sua capa, fui dar uma olhada nos blogs afora o que é que andavam dizendo dos produtos.

E não é que eu só li maravilhas do Fit Me! Foundation? Fiquei curiosa pra testar o produto, até porque ele custa somente, em média, 8 doletas. Aproveitei que meu irmão estava em terras gringas e pedi duas cores: 210 – Sandy Beige, e 220 – Natural Beige.

210 - Sandy Beige e 220 - Natural Beige

 

”]

 

O interessante dessa linha, é que ela tem uma gama enorme de cores! São 18 tons de base, e a numeração se estende para o pó compacto, assim você não precisa quebrar a cabeça pra saber qual vai combinar com sua base. É complicado escolher tons vendo imagem no computador, mas li que pra quem é NC 30 pela MAC, é 210/220 na Maybelline, nessa linha. Pra não ter erro, pedi duas cores, pra poder misturar se preciso.

As cores:

Tem swatches na pele de todas as cores no blog Valentine Kisses.

E de fato, as cores serviram direitinho! Não escureceram nem clarearam demais o rosto. Só não vi diferença entre os dois tons, juro. Usei os dois tons em cada metade do rosto e ficou igual, embora sejam diferentes quando colocados na pele.

Vejam:

210 - Sandy Beige e 220 - Natural Beige

Dá pra notar a diferença de cor entre as duas tonalidades, mas usando uma ou a outra, eu realmente não notei diferença na minha pele. Se for, o Sandy Beige é pouco só mais claro, mas nada que faça notar a diferença.

Bom, e o que eu achei: não é que a base é boa mesmo?

Ela tem cobertura média, então você pode usar com outros produtos ou mesmo incrementar camadas. É bem leve também, não é daquelas bases que você sente o peso de usar. Tem aquele cheiro característico de base, mas quando aplicado na pele você nem sente. Espalha bem com pincel ou com os dedos, mas eu prefiro com um pincel de base.

Ela não fica oleosa com o passar do tempo, e por ser de cobertura média, dura bem até 6 horas de uso. Não que ela saia depois, mas é bom dar um retocada no pó. Ele não tem óleo em sua composição, então não fica brilho excessivo. Com pigmentos particulados, sua fórmula é à base de silicone e polímeros que se adaptam ao seu tom natural da pele. A cobertura é bem natural mesmo, e segundo a Maybelline, ‘possui exclusiva fórmula de base translúcida e pigmentos levíssimos que permite que se veja o tom e peculiaridades da pele natural’. Ainda, possui antioxidantes como vitamina E e C.

O ideal é sempre usar um pó translúcido depois da base, pra tirar o excesso de brilho, mas por enquanto estou usando uma camada bem leve do Studio Fix mesmo.

Ele tem FPS 18, é testado dermatologicamente e não-comedogênico.

O único porém dele, é a embalagem: ele não tem nenhuma válvula de bombeamento, você precisa entornar o vidrinho até o conteúdo cair, o que pode acarretar em um eventual desperdício, já que pode cair demais.  E não é nada prático. Ou você pode usar sempre uma espátula, mas tem que tomar muito cuidado com a higiene para não haver contaminação.

Ainda é cedo pra dizer, mas com certeza esse produto já está na lista de favoritos de 2011. Foi uma boa surpresa, um produto bom e barato, o único inconveniente é que ainda não vende no Brasil.

Portanto, agora é torcer para a Maybelline trazer essa linha para o Brasil e que os preços sejam igualmente acessíveis. Ah sim, tragam também a gama inteira de cores, sim?

Analisando o produto:

  • Embalagem: 3/5
  • Aplicação: 4/5
  • Valor: 5/5
  • Qualidade: 9/10

Nota geral: A-

Review: Studio Fix Powder Plus Foundation da MAC

4 jan

Queridos,

F E L I Z   A N O   N O V O!!! Feliz 2011 pra todos nós com muita saúde, paz, amor, din din, e tudo de bão, né? =D

Bom, resolvi fazer o primeiro post do ano falando sobre um dos meus produtos prediletos até então, o meu xuxuzinho Studio Fix da MAC.

Ele é um produto 2 em 1= base + pó, com uma das melhores texturas que já experimentei. Mas cosmético é uma coisa muito pessoal, afinal o produto precisa se adaptar à sua pele, mas até hoje nunca vi ninguém reclamar do Studio Fix. Ele é tão bom que eu faço estoque! #aloka Eu já falei tanto dele que vocês devem achar que já tem milhares de resenha dele no blog hehehe

Bom, ele segue aquela escala de cores pra base, pó e corretivo: NC, NW, C e N, que não é um bicho de sete cabeças, como a Amanda G falou. Depois de pesquisar e achar qual é o melhor tom pra você, recomendo você ir à uma loja da MAC, caso não vá comprar nela, e testar no rosto. Por mais que você ache que é NC ou NW, pode haver uma leve variação e pode ser que mais de um tom sirva pra você, o que é o meu caso.

Basicamente, só pra relembrar:

Nomenc
C
NC
N
NW
W
Significa
“Cool”: frio
“Neutral Cool”
“Neutral”
“Neutral
Warm”: quente
“Warm”
Ideal para
Tons amarelados-bronzeados
Pele dourada/bege
Pele bege
Bege rosado
Tons rosados

A escala vai do tom 15, o tom mais pálido ao 55, para peles negras.  É nessa numeração que a maior parte das pessoas erram, por isso tem que ficar atento na hora de testar o produto no rosto, ver a iluminação do ambiente, etc.

O que ele promete: deixar a pele matificada, sem aspecto empoado e entupindo os poros. Uniformiza a pele de forma suave, com duração de 8 horas sem retoque.

O que eu achei: realmente o produto matifica a pele e dá um aspecto digno à pele. Sabe quando você tem 5 minutos pra tirar aquela cara amassada de travesseiro? Ele ajuda a dar uma uniformizada ao rosto, de forma excelente = dá uma amenizada nas olheiras, suaviza linhas sem acumular nelas e sem dar aquela aparência de rachado e ressecamento.

Modo de aplicar: ele vem com uma esponjinha que infelizmente não dura muito, mas é melhor do que as que encontramos regularmente à venda. Mas a melhor forma de aplicá-lo é com um pincel kabuki, espalha super bem e de forma uniforme! O meu é o rosinha da Coastal Scents, mais fofo impossível:

Como eu falei, dois tons servem pra mim: o NW 30 e o NC 25. Não ficam iguais, porque comparando eles são bem diferentes:

Dir.: NC25 Esq.: NW30

 

Outro fator de eu adorar o produto, e já falei isso ao comparar com o pó Metal Look da Marcelo Beauty, é que dura muito! Eu uso todo dia e já nem lembro mais quando foi que eu comprei.

Pra usar não tem segredo, pode ser usado sobre um primer e corretivo, e depois passar blush/iluminador, como você preferir.

Se eu precisasse escolher, esse seria o único produto que não faltaria na bolsa!

Conhecendo a maquiagem HD

29 nov

A maquiagem HD já chegou no Brasil, virando objeto de desejo de muita gente. E você, já sabe tudo sobre esse tipo de produto?

A maquiagem HD, que significa high definition (é, igual da TV), era inicialmente o tipo de maquiagem que era usado nos camarins dos artistas de TV e do cinema, assim como no mundo das passarelas. Isto porque esse tipo de maquiagem foi eleita para esconder as imperfeições dos artistas nas telinhas, especialmente depois do surgimento de novas tecnologias, como os televisores e transmissores HD. A HDTV mostra 12x mais detalhes que a TV convencional… Dá pra imaginar? Todo detalhe torna-se importante.

Em 2008, falava-se da dificuldade de diretores de cinema e TV trabalharem com a tecnologia HD, porque via-se os defeitos que toda pele possui, mas ninguém quer ver isso na TV. A estética é importante, não importa o gênero ou o tipo de informação que se está passando. Não apenas os defeitos, mas era possível enxergar a própria maquiagem usada pelos maquiadores, o que acarretou num problemão: como usar a maquiagem como artifício para envelhecer um personagem com naturalidade, se cada detalhe aparece na TV?

E aí, surgiu a necessidade de criar maquiagens que escondessem as imperfeições de forma adequada. Assim, criou-se a maquiagem HD, que possui alto poder de cobertura, com pós ultrafinos para evitar acúmulos nas linhas de expressão, afinal, se queremos esconder os defeitos, também não devemos mostrar o excesso de maquiagem. A maquiagem deve ser leve, cada vez mais natural. Não apenas na TV, mas nas fotografias e seus milhares de pixels.

E o melhor de tudo, é que já temos excelentes produtos brazucas disponíveis do mercado. Recentemente, o Boticário renovou toda sua linha de cosméticos, como já falei aqui, com o Make B, que é inteirinha de produtos HD. A Tracta também inovou, lançando produtos HD na coleção de Inverno – base hidratante HD e o primer facial HD.

Para maquiadores profissionais, há também o tal do airbrush – maquiagem em spray, suuuper legal que vi na Catherine Hill. Mas isso já fica mais difícil de fazer em casa. =P

Na minha última compra no Cerejão, me surpreendi ao receber meu corretivo da NYX. Estava esperando o Concealer Magic Wand, e quando chegou em casa, recebi a nova versão do produto, já HD. Ainda não chegou no Brasil, nem vende oficialmente dessa forma ainda no Cerejão, falta atualização, mas a NYX já começou a trabalhar com produtos HD, além do corretivo, eles já tem também uma base HD. Cerejão, traga para nós, sim?

Algumas marcas gringas que já são famosas lá fora pelos seus produtos HD:

1) SMASHBOX Photo Finish UVA/UVB FPS 15 Dermaxyl – já me falaram que esse primer da Smashbox faz milagre em foto. A Smashbox tem uma linha de produtos HD Photo Finish, alguns para correção, outros sem proteção solar, mas esse aqui é o mais comentado. Vou falar dele mais pra frente.

2) CARGO Blu Ray High Definition Mattifier – será que eles ganham comissão da Sony? =P

Este produto promete matificar a pele, dando um aspecto sedoso. Ele refina os poros da pele, minimizando as linhas de expressão, mantendo a pele seca e sem brilho. Pode ser usada como primer ou sobre a maquiagem. A Cargo é pouco conhecida no Brasil, mas os que conhecem recomendam. Além do primer, a Cargo possui uma linha completa de produtos HD, como blush, rímel, corretivos…

3) MAKE UP FOREVER HD Microfinish Powder – foi um dos primeiros produtos HD no mercado, e logo que bati o olho realmente parecia muito bom. É um pó translúcido para dar acabamento no make, que pode ser usado sobre a base ou sozinho. Ele matifica a pele e não dá aquela aparência de empoado, já que o pó é micro mesmo, que é a intenção dos produtos HD – ficar bem natural e ao mesmo tempo corrigindo imperfeições.

4) DIOR Capture Totale Foundation – disponível em sete cores, a base da Dior também tem ação antiidade, promovendo a formação de colágeno da pele, nutrindo e dando um boost na pele. Possui pigmentos de cristal líquido HD. Possui fator de proteção e é bem salgado no bolso.

5) MAKE UP FOREVER HD Microperfecting Primer – primer básico da Make Up Forever, a pioneira dos produtos HD. O produto nutre, hidrata e suaviza, além de formar uma camada protetora. Ele dá um efeito de ‘brilho’, não de oleosidade, mas sabe quando a pele toma um bronze e fica ‘radiante’? Então.

Disponível em sete tonalidades bem interessantes: neutral, green, mauve, caramel, blue, yellow e pink.

Onde comprar: Smashbox e Make Up Forever estão disponíveis na Brigette’s Boutique.

Novas aquisições: Contém 1g

26 ago

Hi girls!

Muitas comprinhas nessas últimas semanas em que minha mãe estava de férias. Compramos Avon e Contém 1g.

Mostrarei neste post somente as aquisições da Contém 1g até para explicar cada produto direitinho para vocês.

Quando minha mãe fizer um make bacana, mostro aqui a aplicação dos produtos dela. Sobre eles, vou falar por cima do que vi no teste nas lojas.

Minha mãe:

Duo perfect para sobrancelhas

Segundo a vendedora, o produto corrige, desenha e dá um efeito natural nas sobrancelhas.

Com duas tonalidades de sombras compactas, perfeita (mais escura) e natural, suas texturas são finas e a aplicação é bem uniforme, com boa aderência.

O estojinho e super prático e muito bonito, com espelho interno e aplicador que quebra um bom galho: de um lado o pincel chanfrado para desenhar e preencher as sobrancelhas e, do outro, uma esponja flocada para uniformizar o tom.

 

 Corretivo líquido

É um vidrinho com 6 ml na cor pele. Em sua composição, derivados de Maracujá e Vitamina E. Ele absorve bem, tem um toque bem sequinho e disfarça as manchinhas da pele de forma bem natural. Além disso, dura bem na pele.

Segundo a vendedora, ele tem uma tecnologia inovadora com microesferas especiais para efeito de disfarce óptico.

Amanda G:

Cream powder duo base

Eu já usava essa base e na verdade comprei somente o refil, na cor Vanilla.

Até no calor de matar, o produto dura bastante na pele e tem fórmula hidratante. É indicado para todos os tipos de pele.
É uma espécie de base, corretivo e pó em um só produto. Eu tinha um certo preconceito com esses produtos 2 em 1, 3 em 1, mas desse eu gostei e acho super prático.

Ele dá um acabamento mate e aveludado na pele, tem boa cobertura e a aplicação é boa. Usando direitinho e espalhando bem, o cream powder dura muito.

O único ponto negativo é que ele não tem protetor solar. A linha da Contém 1 g até tem esse mesmo cream com filtro solar 15, mas as opções de cores são apenas três e, nem sempre casa com o tipo de pele.

Demaquilante bifásico

Eu já usava esse demaquilante antes, porque como sou repleta de alergias, foi um dos poucos que não irritou minha área dos olhos.
Ele é à base de silicone, livre de óleo e remove a maquiagem pesada e à prova d’água. Não preciso esfregar hororres para tirar o make dos olhos e ele deixa a pele bem sequinha. O meu durou muito e o investimento vale super a pena, R$35.

Higienizador de pincéis

Pincel acumula muita bactéria e resíduo e, por essa razão, precisa sempre ser higienizado, como já falei aqui no blog. Ainda não testei esse produto da marca, mas recebi boas recomendações sobre ele. De acordo com a vendedora, ele limpa e retira o acúmulo de maquiagem dos pincéis com praticidade e sem danificá-los.

Por essa razão, ele pode aplicado diariamente ou sempre que for fazer a limpeza dos meus pincéis. Limpeza profunda é recomendado pelo menos uma vez ao mês ou, para quem usa muito, a cada 15 dias.

Finalmente, Cosmopolitan + Resenha Nutribase Colorama

5 ago

Hi everybody!

Não aguentei esperar para fazer as unhas essa semana e as fiz logo. Passei o Cosmopolitan como eu tanto queria!

Ele é bem puxado pro vinho e me lembrou o antigo Ameixa, da Colorama. É um esmalte bem básico, mas moderno. Ficou lindo!

Vou aproveitar esse post para falar sobre uma coisa que tem me irritado: lascas dos esmaltes. As minhas unhas estavam fracas e eu usava a base simples da Colorama e nunca tive problemas dos meus esmaltes lascarem nas pontas ou até mesmo em outros cantinhos. De um tempo pra cá, isso vem acontecendo com frequência, depois que troquei de base.
Como minhas unhas deram uma enfraquecida, comecei a usar a base pró-crescimento Nutribase, da Colorama. A linha  é ótima e recomendada até para quem tem alergia e são indicadas para unhas fracas e quebradiças.

Além das ceramidas, cada uma das três fórmulas desenvolvidas cientificamente contém ativos específicos, que atuam na reparação dos principais problemas das unhas:

Pró-fortalecimento: com ceramidas, flúor e cálcio, reconhecidos por sua ação fortalecedora.
Pró-nivelamento: com ceramidas, pró-vitamina B5 e micro-esferas de cerâmica.
Pró-crescimento: com ceramidas, extrato de chá verde e ginseng, reconhecidos estimulantes naturais.

Apesar de toda a eficácia, meus esmaltes começaram a soltar facilmente. Não sei se é impressão minha ou se é realmente da base.

Alguém já testou e teve a mesma impressão que eu tive de lascar mais fácil o esmalte? Comentem!